Segunda-feira, 9 de Abril de 2012

Straight to the point


 

É na rua menos direita de todas que se encontra o caminho mais óbvio para chegar até ti.

publicado por migueL às 15:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Janela

no_parking_please.jpg

O vazio faz-nos desejar a perfeição, a realidade permite-nos ser feliz.

 

Até um dia destes.


publicado por migueL às 22:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Born room

Onde existe um espaço intermitente no processo regular que faz passar os dias e as estações, encaixam bem os arautos que se desviam na diagonal dos ponteiros dos relógios e que, apesar de manterem toda a regularidade na passagem dos dias e das estações, conseguem dar um toque colorido (vá, com 2 ou 3 tons de cinzento que seja) a esse mesmo espaço.

publicado por migueL às 02:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 21 de Abril de 2009

6348 Km por hora

vento.JPG

É confortável assumir que a velocidade de tudo o que se passa à nossa
volta é suficientemente rápida para mascarar os nossos passos em falso.
Quando tudo parar de girar o que fica são apenas espaços vazios, que
nem toda a areia de todas as praias de todos os países com mar chegaria
para encher.

publicado por migueL às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Colina

subir.jpg

Não tenho palavras, mas tenho ruas para tentar subir e chegar a algum lado.

publicado por migueL às 00:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2008

Adiamento de passagem de ano

Vamos lá dobrar mais uma esquina...

publicado por migueL às 19:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 14 de Dezembro de 2008

Formação Profissional

batman.jpg 

Por motivos de autosuficência das vítimas urbanas, os heróis estão fora de moda.


publicado por migueL às 23:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

Comentário

Antes de começar a fazer sentido, é melhor relembrar às criaturas que têm o infortúnio de aqui vir parar, que o mundo é um banco de madeira do ikea com bicho.

publicado por migueL às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

Bagagem

car_key.jpg

Vou pegar nas chaves do teu carro e esconder o que não me apetece fazer
na mala, junto com os sapatos que lá costumas deixar. Pode ser que essas
coisas, as que
não me apetecem fazer, ganhem pernas para andar.


publicado por migueL às 03:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

Prioridades

river.jpg

As palavras estragam tudo. Por isso, não digas absolutamente nada, a ninguém.
Senta-te numa paragem de autocarro qualquer à espera que passe um cacilheiro
e pensa que, melhor do que percorrer uma enciclopédia à procura de espaço para aninhar
uma ideia ou duas, é preferível contar as remadas que faltam para chegar ao pé do rio,
as formigas que partilham as tuas bolachas e pesar a areia que irremediavelmente
se mete nos sapatos.


publicado por migueL às 16:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

Old

viena.jpg

Em vez de contar as campainhas das portas da minha rua ou correr e ladrar atrás dos carros, prefiro gastar o meu tempo a pensar em ti.

publicado por migueL às 01:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Coerência

wind.jpg

Saí pela porta mais próxima e tomei o rumo que esqueci no bolso das
calças.
Se estiveres do lado de fora, do lado esquerdo de qualquer coisa
grande, ou
do lado direito de qualquer coisa inquietante, entro, fecho os olhos
e conto até
dezanove mil.


publicado por migueL às 20:03
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Sal

IMGP7551.JPG

Se inverter a solução salina que sai dos olhos e deixar de ver o céu vidrado
de incertezas, passo concerteza a outro nível de definições ligeiramente
menos mediocres do que é viver.

publicado por migueL às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Bla

Com a indecente vontade de mudar o mundo, declaro abertas as hostilidades contra os poderes instituidos de tudo o que existe pelo simples facto de existir. Abaixo todas as instituições, institutos e associações de coitadinhos. Se vamos ser coitadinhos, sejamos todos no recanto dos nossos lares. Se ainda os tivermos.

publicado por migueL às 00:05
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007

Civil

stop.jpg

Ontem não me lembrei de construir alguma coisa de útil à sociedade.
Por isso, hoje, fui à praia buscar um bocado de areia nos sapatos para
ver se começo qualquer coisa. Tipo um estádio, um hospital ou um centro
de reciclagem de profissões falhadas. Não sei qual vai ser a dimensão, mas
penso adoptar o estilo estado novo invertido: pequeno na fachada e
grande na realidade.


publicado por migueL às 02:18
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

Travão

brakes.jpg 

Vou puxar o travão da memória e derrapar um século ou dois para
chegar mais depressa até ti.

publicado por migueL às 00:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

Tédio

teddy.jpg

Tenho a sensação que não percebo absolutamente nada do que as pessoas dizem e muito menos do que querem dizer. Fico-me pelo compromisso de
gestão diária de uma existência fraudulenta, compactuante com os desalinhados, promíscua com as ideias que não chegam a sair da minha cabeça mas combatente com os conformismos a longo prazo.


publicado por migueL às 22:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Cadência

tik.JPG

O tempo e as palavras
não passam de morfina de má qualidade.

publicado por migueL às 04:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Perpétuo

lux.jpg

Neste teu mundo cabem todas as palavras que ainda não foram ditas, todos os desejos repetidos ao limite da imaginação e um saco de berlindes transparentes,
com cores que variam entre o azul dos meus dias e o sabor da tua cor.

publicado por migueL às 18:27
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006

Método

matri.jpg

No meio de tantas letras, o teu nome dá-me vontade de inventar novas palavras.

publicado por migueL às 02:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Human

luna.jpg

Não cresças: fica sempre com esses olhos indecifráveis de afecto e
vontade de devorar o mundo de uma vez. E, sobretudo, não aprendas a ler.

publicado por migueL às 16:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 5 de Outubro de 2006

Walk

IMGP4265.JPG

Vou sair, esconder-me na bicicleta e fotografar esta cidade impaciente,
que tem medo que o fim de semana prolongado acabe antes de começar.
Vou sair, mas já volto.

publicado por migueL às 12:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

3*10+3

trintatres.jpg 

Apetece-me prolongar a agonia destas trinta e 3 palavras até ao limite do
possível, sem que nenhuma delas morra, mas que nenhuma, em momento
algum, diga alguma coisa que valha a pena ouvir.


publicado por migueL às 20:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 14 de Setembro de 2006

Melancholic Hipo

hip_hop.jpg

Sinto pouco pela manhã
e grito como posso
o entardecer dos dias
Quero arrancar azul do céu
para escrever no vermelho dos teus lábios
poesias

publicado por migueL às 15:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

Mirror Conspiracy

shadows.jpg

Nas repetições não premeditadas das mesmas acções existe uma certa
pureza  informal, positiva,  que  se  assemelha a um espelho sem reflexo:
quem olha directamente para ele, não vê absolutamente nada; quem fecha
os olhos ou olha para outro lado qualquer, vê o reflexo exacto da sua ausência.
Por isso, meu caro amigo, é bom que olhemos uns pelos outros.


publicado por migueL às 03:06
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006

Semelhança

frog.jpg

As palavras e os batráquios são muito parecidos: fazem muito barulho,
e não querem dizer absolutamente nada.


publicado por migueL às 13:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006

Óbvio

ponteiros.jpg

O tempo passa macio e instável, como quando se anda em pé em cima
de um colchão. O colchão, por sua vez, desliza lateralmente na esquina
cortante dos ponteiros de todos os relógios do mundo.
É apenas e exactamente por isso que o tempo passa mais depressa do
que a saudade. 


publicado por migueL às 13:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 21 de Julho de 2006

Blind copy (Bcc)

Entretanto,  enquanto o  tempo passa mas  finge  não acabar,
inventam-se fantasmas de pessoas que ainda não morreram.
A  visão  duplica os afectos e as  percepções;  umas  sentem
aquilo que  não existe para sentir; outras,  sentem as  marcas
cravadas na  pele do que não tem imaginação para existir.


publicado por migueL às 05:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 19 de Julho de 2006

Core business

20cl.jpg

O que realmente importa não são as conversas pseudo-profundas sobre
o  estado  das coisas  científicas  ou  dos  amores/desamores  militantes;
O que importa  realmente... Se está fresca, se tem  gás e se está dentro
do prazo de validade.


publicado por migueL às 23:42
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Julho de 2006

Lx

lis.jpg 

Tu és um espaço premeditado de incertezas, em que tudo se passa e
nada acontece. Que tal tirares umas aulas de natação e, enquante ele
existe, mergulhares no rio que está à tua frente?

publicado por migueL às 12:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004