Quinta-feira, 24 de Novembro de 2005

Vidro

copo.jpg 

Palavras  que  não  cabem  num   copo
e fazem transbordar gotas sem sentido
São   etílicas   à   noite  e  pela   manhã
condensam cansadas num livro.

publicado por migueL às 20:02
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De da. a 30 de Novembro de 2005 às 18:31
...e todos os dias são a mesma noite..e cada livro é apenas mais um copo vazio...


De Pedro a 29 de Novembro de 2005 às 14:23
Ganda Miguel!

Quando é que vamos esvaziar uns desses?
Há muito que não vinha ao blog, fico contente por ver que retomaste actividade!

Abração!!


De TCA a 26 de Novembro de 2005 às 01:19
cansadas as palavras... restam olhares


Comentar post

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004