Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

Mirror Conspiracy

shadows.jpg

Nas repetições não premeditadas das mesmas acções existe uma certa
pureza  informal, positiva,  que  se  assemelha a um espelho sem reflexo:
quem olha directamente para ele, não vê absolutamente nada; quem fecha
os olhos ou olha para outro lado qualquer, vê o reflexo exacto da sua ausência.
Por isso, meu caro amigo, é bom que olhemos uns pelos outros.


publicado por migueL às 03:06
link do post | comentar | favorito

.posts recentes

. Straight to the point

. Janela

. Born room

. 6348 Km por hora

. Colina

. Adiamento de passagem de ...

. Formação Profissional

. Comentário

. Bagagem

. Prioridades