Sábado, 20 de Março de 2004

A Margem Errada do Tejo

Imgp4894.jpg

Era uma vez uma ponte. Sobre o Tejo. Vermelha. Sabe muito bem passa-la durante a noite, quando os companheiros de travessia são, na maioria, noctívagos em busca dos prazeres da noite lisboeta, em vez dos habituais resignados "margem sul lovers", que adoram morar em Almada e que não a trocavam por Lisboa, mas teimam-no em fazer todos os dias da semana e, curiosamente, ao mesmo tempo.
Sabe ainda especialmente melhor porque estou a ouvir uma rádio que, para mim, é nova. Ainda não tem o travo completamente definido e cada descoberta ainda é positiva.
Revejo mentalmente as coisas que deveria fazer quando estiver a dormir de manhã e convenço-me de que a tarde chega perfeitamente para isso. Sou interrompido pelo som de uma sms a chegar do telemóvel. Com a destreza impulsiva comum aos condutores da era tecnológica, pego no telemóvel com uma mão e leio a mensagem:
"- Isto nao e normal. Tenho uma rosa no tapete de casa!" Deixo a ponte para trás e entro em terra firme a sorrir...


publicado por migueL às 01:13
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De PATADIREITA a 27 de Março de 2004 às 22:09
Isto não é normal. Tenho um sorriso estúpido na cara!


De super_iluminada a 23 de Março de 2004 às 19:02
sorte a tua n receberes as minhas mensagens dementes... no entanto eu sou da margem sul e detesto a margem sul :) adoro a foto :) *


De sibylla a 20 de Março de 2004 às 22:37
Uauu que visão ! Parece uma imagem cinematográfica, com efeitos especiais :). *Bjinhos*


De quim a 20 de Março de 2004 às 08:20
...venho agradecer e retribuir a tua amável visita... claro, foi a Primavera que deixaste no tapete dela... abraço


Comentar post

.posts recentes

. Straight to the point

. Janela

. Born room

. 6348 Km por hora

. Colina

. Adiamento de passagem de ...

. Formação Profissional

. Comentário

. Bagagem

. Prioridades